Quem são os accionistas da Sociedade Ponto Verde?

Constituição e funcionamento da Sociedade Ponto Verde

“A estrutura accionista da SPV é constituída pelas seguintes entidades:

  • EMBOPAR: representa as empresas embaladoras/importadoras
  • DISPAR: representa as empresas do comércio e da distribuição
  • INTERFILEIRAS: representa as empresas de produção de embalagens e materiais de embalagem
  • Outros accionistas: Logoplaste, INESC e Câmaras Municipais.
Distribuição dos accionistas da Sociedade Ponto Verde (2017)

Distribuição dos accionistas da Sociedade Ponto Verde (2017). 94,4% dos accionistas da Sociedade Ponto Verde baseiam o seu negócio na embalagem/importação de produtos embalados (EMBOPAR, DISPAR e INTERFILEIRAS).

Funcionamento do sistema gerido pela Sociedade Ponto Verde:

As empresas embaladoras/importadoras de produtos embalados que aderem à SPV transferem para esta a responsabilidade pela reciclagem e valorização dos resíduos das embalagens que anualmente colocam no mercado e que declaram à SPV. Sobre estas embalagens é pago à SPV o Valor Ponto Verde (VPV), sendo a contribuição financeira proporcional aos pesos declarados.

As empresas embaladoras/importadoras de produtos embalados que aderem à SPV transferem para esta a responsabilidade pela reciclagem e valorização dos resíduos das embalagens que anualmente colocam no mercado e que declaram à SPV. Sobre estas embalagens é pago à SPV o Valor Ponto Verde (VPV), sendo a contribuição financeira proporcional aos pesos declarados.

A SPV não recolhe individualmente os resíduos das suas embalagens. Conforme a legislação prevê, a SPV gere os resíduos à escala nacional através de entidades contratadas para o efeito. Essas entidades recolhem, transportam, armazenam, triam (separam) e preparam os resíduos de embalagens para o seu correcto encaminhamento para reciclagem de acordo com especificações técnicas previamente estabelecidas.”

Fontes:

Questões intrigantes

Facto 1: As empresas embaladoras/importadoras de produtos embalados (EMBOPAR, DISPAR e INTERFILEIRAS) pagam uma contribuição financeira quando os seus produtos embalados são colocados no mercado à Sociedade Ponto Verde (principais accionistas: EMBOPAR, DISPAR e INTERFILEIRAS). Por sua vez, a SPV paga à empresas recicladoras pelo volume de resíduos quando estas reciclam os resíduos dos produtos.
Questão 1: O que acontece à contribuição financeira relativa aos produtos que foram colocados no mercado mas cujos resíduos não foram reciclados?

Facto 2: 94,4% dos accionistas da Sociedade Ponto Verde baseiam o seu negócio na embalagem/importação de produtos embalados (EMBOPAR, DISPAR e INTERFILEIRAS).
Questão 2: O aumento dos níveis de reciclagem ou sustentabilidade ecológica será uma prioridade para o funcionamento destas empresas?

Anúncios

Sobre tararecuperavel

Activista ambiental.
Esta entrada foi publicada em Activismo ambiental, Descartável, Garrafas de plástico, Reciclagem, Tara Recuperável com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s