TaraRecuperavel.org: movimento cívico de acção ambiental

Já reparou que grande parte dos resíduos que poluem as nossas zonas naturais e espaços públicos são garrafas de plástico?

O TaraRecuperavel.org é um movimento cívico de acção ambiental que defende que todas as garrafas e latas de bebidas, possam ser trocadas por dinheiro depois de serem utilizadas, à semelhança do que acontece há anos em 12 países europeus como a Alemanha ou a Holanda.

Esta mudança permitirá reduzir impacto ambiental, melhorar processos de reciclagem e baixar os preços dos produtos para os consumidores.

Se não é biodegradável tem de ter Tara Recuperável!

Além deste projecto, publicamos informação de educação ambiental que pode ajudar a divulgar.

Somos apenas cidadãos como você.

Junte-se a nós!

19 respostas a TaraRecuperavel.org: movimento cívico de acção ambiental

  1. Luiz Salles diz:

    Excelente ideia, vamos apoiar, começem por não adquirir bebidas que não sejam em embalagens de vidro.
    Depois numa 2ª fase adquiram só embalagens de vidro com “depósito”.
    Mas sejam persistentes, não façam como a reciclagem, um dia reciclam no outro dia misturam tudo…

  2. É importante documentar más praticas e identificar os seus responsáveis. Enviem-nos fotos ou vídeos de situações que conheçam.
    O vosso contributo é fundamental para mudar comportamentos.

    • annon diz:

      epá, tens que ser pragmático. Documentar casos não serve de nada.
      Que há lixo nas ruas já se sabe. Tenta é levar o conceito ao nível político

  3. Teresa Batista diz:

    Uma ideia a por em prática:
    Tornar obrigatório a existencia EM TODOS OS ESPAÇOS PÚBLICOS, de pequenos contentores para recolha e separação das embalagem e outros residuos.

  4. João Corrêa diz:

    A ideia é louvável ! E com a crise actual talvez até crie fontes de rendimento. Noutros países europeus há pessoas que melhoram o orçamento com a tara das garrafas de vidro, plástico e latas que encontram nas ruas e parques. Vejam bem, à entrada de um estádio de futebol, para onde não se pode levar qualquer tipo de vazilhame, o dinheirinho que se pode fazer…
    Temos que nos ir mentalizando que vai ser necessário devolver ao comércio todas as garrafas e latas vazias que adquirimos. Sei que no início vai ser um pouco difícil, mas por uma boa causa o que é que nós não estamos dispostos a fazer?

  5. Luis Pinto diz:

    Toca a levar isto para a frente. Obstáculos já sabemos que existem, até nós às vezes o somos. É um verdadeiro problema que afeta o país, e o planeta, e mais cedo ou mais tarde este sistema da tara recuperável será uma realidade. As próximas gerações já nos estão a julgar. Que vamos nós fazer? Conta comigo, tara recuperável!

  6. me diz:

    Esta ideia não é nova. Antigamente era assim q funcionava para o leite e outras bebidas. Nesta sociedade de puro consumo em que tudo é descartável, é que a prática caiu em esquecimento. Ainda acontence hoje em dia em casos muito específicos, mas sou 110% a favor da iniciativa.

    Já alguém reparou no desperdício de embalagens que fazemos em nossa casa (para quem recicla)?

  7. Jorge Sousa diz:

    Antes de mais os meus parabens pela excelente iniciativa. Para isto poder ter pernas para andar a curto prazo, primeiro é necessario contactar todos os produtores de bebidas dar-lhes a conhecer as vantagens deste modelo e a poupança em relação ao custo destas embalagens novas, para que possam colocar nas garrafas, latas e as embalagens de plastico a descrição de “tara reutilizavel”. Penso que a partir daqui será mais facil legislar e fazer frente aos produtores de embalagens.

  8. Outrora, fizeram-se fortunas com a recolha das garrafas e latas vazias, limpando o ambiente e contribuindo para a nossa economia tão depauperada. Excelente Ideia.Vamos em frente com a legislação apropriada.
    Fernando M.Correia Pais

  9. americo pina diz:

    PORTUGAL CONTINUA ATRASADO EM MUITOS ANOS EM RELACAO A EUROPA EM MUITAS MATERIAS E ESTA E MAIS UMA.
    A MINHA HISTORIA HA MAIS DE 20 ANOS EU LEVEI A UMA CAMARA MUNICIPAL SACOS QUE ERAM UTILIZADOS PARA RECOLHA DE MUITAS EMBALAGENS PARA RECICLAR E LEVEI TAMBEM UM MAPA PARA ORIENTACAO DOS DIAS DAS RUAS EM QUE ESSES SACOS ERAM RECOLHIDOS.
    A RESPOSTA QUE ME DERAM ERA QUE AINDA DEMORARIA MUITOS ANOS A QUE MEDIDAS DESSE GENERO FOSSEM POSTAS EM PRACTICA .
    MAS MUITO JA SE FEZ COM OS ECO PONTOS E AGORA JA SE FALA NO VAZILHAME.
    ERA UM DOS DE ALMA VER PORTUGAL COM GARRAFAS PLASTICAS POR TODOS OS CANTOS, OS MEUS PARABENS SE ESTA MEDIDA FOR IMPOSTA.

  10. Rosalvo costa diz:

    Concordo plenamente, e além do lixo que não se faz, o jeito que vai dar ás carteiras dos Portugueses, que vão abençoar essa ideia, reutilizar é bom para todos

  11. joão rodrigues diz:

    Contem comigo, já faço reciclagem de tudo que possa ser reciclado. Rolhas, pilhas, plástico, vidro, papel, cápsulas de cafe, etc.
    Se expontâneamente já o faço, se tirar proveito ainda melhor. Força com a ideia.

  12. Os presentamos nuestro sistema de reciclaje de envases sin deposito, ya presente en Italia, España y en pocos meses en Latino América. http://www.garby.es

  13. Excelente! Também penso nisto quase todos os dias.
    É preciso começar a olhar para o nosso lixo como matéria prima. Desde o orgânico ao plástico, mas para já o plástico – essa praga que se acumula a uma velocidade estonteante nas nossas cozinhas.
    O que mais me incomoda é o facto de estar constantemente a pagar por embalagens que no fim desperdiço. Sim porque o preço da embalagem não é o fabricante que o paga, somos nós o consumidor final! E antigamente ainda dava para reaver uns escudos das garrafas de cerveja, agora não, entregamos de boa vontade todas as nossas embalagens às centrais de tratamento de resíduos, que se esquecem de nos reembolsar pela matéria prima recebida.

    Podia alongar-me a falar sobre toda actividade comercial que tem surgido à volta dos resíduos, nos últimos anos, mas não é hora para tal. Para já, força com o movimento e no que puder ajudar, cá estou:)

  14. Lucilia Didier diz:

    Boa iniciativa!

  15. Carlos diz:

    O ideal, na minha opinião, seria existirem pontos de recolha destas embalagens, e por cada embalagem vazia entregue, o consumidor receber 10 cêntimos (os 10 cêntimos que devíamos pagar a mais no acto da compra). Acho que assim a recolha iria funcionar em mais de 95%.

  16. Filipe diz:

    Eu vivi na Alemanha e testemunhei pessoas a viver à custa das taras das garrafas. Não quero viver num país que permita isso. O que se deve fazer na realidade é consciencializar as pessoas de que é errado deitar lixo para o chão. Quero viver num país onde os meus concidadãos entendam isso. Por outro lado, não quero viver num viver país onde os meus concidadãos não deitariam garrafas para o chão só porque estariam a perder dinheiro. Logo, não posso apoiar esta ideia. Lamento.

  17. Americo Pina diz:

    Depois de 43 anos na alemanha passei por muitas fazes da reciclagem mas a melhor e 0.25€ em cada garrafa e 0,50€ em cada lata de cola ou outras,sao devolvidos os valores quando forem metidas numa maquina para reciclar.
    os nossos governantes nao estao voltados para medidas deste genero ou outras porque quando saem de portugal passam a vida nos hoteis e retaurantes ,e o que deviam aprender fica sempre para depois,os meus parabens pela iniciativa.

  18. Anabela Récio L. Gameiro diz:

    Nas escolas tudo corria bem até que se começou a descobrir que as recolhas de lixo comum e de ecopontos não íam parar ao local certo.
    Houve alunos quase adultos que viram o seu esforço inglório quando seguiram até ao fim o caminho de certos carros de recolha. Outros viram os funcionários das escolas a deitar para o contentor do lixo indiferenciado aquilo que tinha sido alvo de grande empenho por parte dos alunos nas suas próprias salas e corredores das escolas.
    Houve campanhas nas escolas que deixaram ao acaso e à sorte os esforços, das crianças e de seus professores.
    Vejo agora passados vinte anos de projetos de educação ambiental nas escolas que as crianças e suas famílias não foram sempre respeitadas e levada a sério.
    Hoje há mais lixo por todo o lado e as campanhas de televisão desapareceram dos ecrans.

Deixar uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s