OP Açores – 2 Propostas para a causa BEATAS – Terceira e Flores

A implementação do OP Açores é um compromisso do programa do Governo Regional dos Açores que pretende envolver os cidadãos no processo de decisão política, decisivo para uma Autonomia consolidada e de futuro.

Através do OP Açores as pessoas podem decidir como investir nas áreas do Ambiente, Inclusão Social, Juventude e Turismo, quer na apresentação de antepropostas de investimento para as ilhas dos Açores, quer na escolha, através do voto, das propostas a implementar.

Serve esta divulgação ao propósito de dar a conhecer, especificamente, 2 dessas propostas na área do ambiente, uma na ilha Terceira e outra na ilha das Flores, e referentes à implementação de medidas para a problemática do resíduo BEATAS, resultando a mesma num convite à sua contribuição activa.

A fase da votação começou a 2 de julho e decorre até 30 de Setembro, em que os cidadãos são novamente convidados a participar, escolhendo as propostas que querem ver executadas pelo Governo Regional.

Ressalvamos que todos os cidadãos terão direito, cada um, a apenas um voto. Escolha a sua. Bom seria poder votar em todas, mas não podendo escolha pela sua preferência e/ou residência.

Se há um momento em que juntos podemos fazer acontecer, este é sem dúvida um deles!

 

P65 – “AMODES” QUE BEATA É LIXO

“Facilmente um olhar atento conclui que a beata de cigarro é o resíduo que mais se encontra perdido nas ruas, locais verdes e praias. É, na verdade, um problema global que necessita de ações locais que elevem a nossa consciência ambiental acerca dos impactos do seu descarte incorreto.

Assim, propõe-se a criação de um logotipo e slogan apelativo, que aproxime e identifique as pessoas à causa, com várias imagens e mensagens que alertem para os impactos das beatas quando descartadas incorretamente no ambiente, e a produção de suportes de divulgação/sensibilização, como outdoors, muppis e em plataforma online.”

Nota: As 2 crianças apenas brincavam com as pedrinhas da rua, no entanto foram alertadas para não brincarem com as beatas encontradas no chão. E Porquê? É o conhecimento desta resposta que falta ser de todos nós, fumadores e não fumadores. Se tivermos o conhecimento e a sensibilização correta, será que vamos continuar a atirar beatas para o chão, sabendo que as vítimas não serão apenas as nossas crianças como a nossa Terra e todos os ecossistemas e seres que a habitam?

 

P61 – FLORES SEM BEATAS

Fonte das imagens: https://viajarporquesim.blogs.sapo.pt/na-ilha-das-flores-parte-vi-48870

“Atirar as beatas para o chão é uma prática intolerável, que carece de atenção. Em Portugal, são atiradas 7000 beatas para o chão por minuto, e a ilha das Flores não é exceção. Numa ilha que é Reserva da Biosfera da UNESCO, não há desculpas para que a população continue a poluir o ambiente de uma forma que é tão evitável.

Deste modo, tendo como objetivo minimizar os efeitos dos resíduos resultantes do consumo de tabaco, propõe-se a instalação de cinzeiros fixos em locais de utilização pública, nomeadamente nos miradouros da ilha das Flores, sendo os mesmos acompanhados por sensibilização para a sua efetiva utilização.”

Sem conhecimento nunca haverá mudança efectiva! Se acredita, junte-se a esta causa:

Vote e contribua ativamente para a nossa Terra!

 

Deseja fazer mais para apoiar esta causa que é de todos nós?

  1. Apoie, vote em Portugal Não É Um Cinzeiro, uma proposta do Orçamento Participativo Nacional. Onde pode votar e, se tiver curiosidade, onde pode saber mais  sobre esta proposta.

2. Participe, partilhe e crie eventos em páginas e grupos da rede social, pois se queremos  ver acontecer mudança nesta problemática ambiental, estas propostas precisam do maior número de votos para poderem ser implementadas. Envolva-se, vote e e partilhe 2 ou 1, pois o que importa na verdade, mais do que palavras, são acções!

Se existem momentos em que nós cidadãos podemos fazer acontecer, este é um deles!

Abaixo disponibilizamos as imagens de capa de evento e o ficheiro editável, caso queiram alterar sua configuração. No fundo o que interessa é agirmos colectivamente e multiplicarmos a mesma acção por mais e mais.

 

Ficheiro PP – capas de evento

 

 

Que sejamos aventureiros e sonhadores o suficiente para acreditar que juntos podemos fazer acontecer!

E desde já, a si, um bem haja por acreditar e agir nesta iniciativa cidadã.

E acredite, de cada um de nós depende a mudança que queremos ver acontecer no mundo. Basta um para começar um movimento e ter uma ideia, no entanto, apenas juntos conseguimos ir mais longe e mais rápido.

Que venha a MUDANÇA!

E que venham os AVENTUREIROS E SONHADORES, que somos todos nós!

 

 

 

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Activismo ambiental, Beatas de cigarro, Divulgação, Resíduos com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s