Elementos do (re)Canto do Tejo – Arte com Beatas para sensibilizar

Associação 10 Milhões na Berma da Estrada, que pretende se candidatar este ano ao Guiness World of Records com o “Maior Cordão de Beatas do Mundo”, com a extensão final de 5km e 700 mil beatas recolhidas do chão, foi convidada pela autarquia de Cascais a estar presente no evento “Clean Up the Atlantic”.

Este evento, que decorrerá no próximo dia 19 de maio, é uma ação de limpeza do litoral, promovida anualmente pela autarquia, na Baía de Cascais e ao longo da orla costeira, e tem como objetivos alertar e sensibilizar a opinião pública para a problemática da poluição marítima, o seu impacto negativo na biodiversidade e, paralelamente, incentivar a prática de mergulho no concelho.

Durante este evento, e como parte da sua campanha de sensibilização ambiental “P’ró chão Não! A beata chega ao mar”, a Associação 10 milhões na Berma da estrada, organização do Seixal, irá expor parte da instalação que se candidatará ao Guiness World of Records, dando vida a uma peça de arte para sensibilização.

Esta peça, designada de “Elementos do (re)Canto do Tejo”, estará exposta na Praça 5 de outubro, junto à Câmara Municipal de Cascais e ao Hotel Baía, entre as 10 e as 13h, no sentido de alertar a população para o perigo das pontas de cigarro que não são vistas como lixo perigoso e, num gesto automático, atiradas para o chão, ameaçando o ecossistema, poluindo os lençóis freáticos, colocando em risco a vida marinha e entrando na nossa cadeia alimentar.

Para já, estarão expostos apenas dois painéis de uma obra que, quando estiver finalizada, terá 10 paneís, e, ainda assim, contabilizam-se 44 mil beatas no total, em 302 metros de cordão, colocadas em 90 metros quadrados de painel. O Cordão estará preparado a convidar as pessoas presentes a ajudar a completá-lo num gesto simbólico. Os nomes de todos os voluntários vão figurar na candidatura ao Guiness final.

Presente na iniciativa estará também a ADEL, a mascote da 10 Milhões na Berma da Estrada, uma gota gigante, com dois metros de altura, que está preocupada, pois arrasta consigo 200 metros de beatas, que ela tem receio de levar pelas sarjetas, pelas valetas, e chegarem ao mar, com todas as suas consequências.

No vídeo abaixo podem conhecer e visualizar a exposição de 1,2 km do maior cordão de beatas, apresentada na marginal do Seixal a 3 de Fevereiro de 2018 por esta associação, a qual é composta por 160 mil beatas recolhidas em várias ações de limpeza na zona ribeirinha do Seixal, Fonte da Telha, Costa de Caparica.

 

Por um mundo melhor,

Envolva-se nesta causa de todos nós, participando e divulgando!

Bem hajam a todos os que já se movem nesta causa!

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Activismo ambiental, Beatas de cigarro, Divulgação. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s